Chile, Santiago do Chile, Valparaíso, Atacama, Ilha de Páscoa

 


O museu dos direitos e da ditadura no Chile


Conheça o Museu da Memória e dos Direitos Humanos em Santiago. Confira tudo sobre a história, o que ver e a visita a esse incrível museu da capital chilena. Localizado ao lado do Parque Quinta Normal, o Museo de la Memoria y Los Derechos Humanos é novo, mas já está entre os melhores museus da cidade. Ele aborda assuntos sensíveis e importantes para a história do Chile, como a violação dos direitos humanos durante a ditadura no país, que aconteceu entre 1973 e 1990. Veja abaixo mais informações sobre o local.

Museu da Memória e dos Direitos Humanos em Santiago do Chile

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito em Santiago e no Chile. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem ao Chile vai sair mais barata do que imaginava e você poderá aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre o Museu da Memória e dos Direitos Humanos em Santiago.

História do Museu da Memória e dos Direitos Humanos

A idealização e o começo da construção do Museu da Memória e dos Direitos Humanos teve início em 2007. Um fato curioso da obra é que foi um grupo de arquitetos de São Paulo que venceu o concurso para escolher o desenho arquitetônico do prédio. A localização do museu na Avenida Matucana, ao lado do Quinta Normal, não se deu somente por esse ser um importante polo cultural da cidade, mas, também, pelo fato de que a área está relacionada com a história de violação dos direitos humanos durante a ditadura militar chilena. Em uma cerimônia que reuniu mais de 3 mil políticos, defensores dos direitos humanos e famílias de vítimas da ditadura, a presidente Michelle Bachelet inaugurou oficialmente o museu em janeiro de 2010 para as celebrações do Bicentenário do Chile.

História do Museu da Memória e dos Direitos Humanos

O que ver no Museu da Memória e dos Direito Humanos

O museu possui três andares que são divididos em 18 alas. A "Direitos Humanos, Desafio Universal" tem um grande mapa que mostra como as violações no Chile tem relação com o que aconteceu em outros países e como isso afetou a nação inteira. A "Memoriais e Comissões da Verdade" apresenta, por meio de fotos, os vários memoriais criados em homenagem às vítimas da ditadura. A "11 de Setembro de 1973" fala sobre o dia do golpe militar e as suas consequências. A sala "Dor das Crianças" mostra através de desenhos, fotos, cartas e diários como as crianças viveram nos anos de ditadura. A ala "Ausência e Memória" é o centro do museu, e nela há um grande mural com as fotos das vítimas do regime militar chileno. 

O que ver no Museu da Memória e dos Direito Humanos

Essas são somente algumas das partes que compõem o museu, mas existem várias outras salas emocionantes e que mostram como foi a ditadura no país e a luta pelos direitos humanos, como a "Demanda da Verdade e Justiça", a "Luta pela Liberdade", a "Retorno à Esperança", a "Repressão e Tortura" e a "Nunca Mais", por exemplo. Além disso, no terceiro piso e na parte externa sempre acontecem exposições temporárias relacionadas ao tema. Esse é um museu basante tecnológico e visual, por isso atrai cada vez mais a atenção dos turistas (anualmente mais de 150 mil pessoas visitam o local).

O que ver no Museu da Memória e dos Direito Humanos

Visita ao Museu da Memória e dos Direitos Humanos

O Museu da Memória e dos Direitos Humanos funciona de terça a domingo das 10:00 às 18:00, exceto em janeiro e fevereiro, quando fecha às 20:00. A entrada no local é sempre franca (por isso esse é um dos melhores passeios gratuitos em Santiago) e você vai precisar de duas a três horas para poder ver toda a exposição em detalhes. Para chegar até ali de transporte público, o modo mais fácil é pegar a linha 5-verde do metrô e descer na estação Quinta Normal, que fica bem de frente para o museu.

Visita ao Museu da Memória e dos Direitos Humanos

Use seu celular à vontade em Santiago e no Chile

Poder usar seu celular em Santiago, no Chile e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem ao Chile nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade no Chile. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro em Santiago do Chile, Valparaíso, Viña do Mar e qualquer outro lugar do Chile e do mundo inteiro, caso vá para outros países na mesma viagem. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre o Museu da Memória e dos Direitos Humanos quando estiver lá.

Use seu celular à vontade em Santiago e no Chile

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Santiago do Chile

Agora que você já viu tudo sobre o Museu da Memória e dos Direitos Humanos, uma dica legal e que faz a diferença na viagem à Santiago do Chile é escolher bem a localização do seu hotel e se hospedar perto das atrações turísticas. A cidade é grande e ficando bem localizado você vai aproveitar muito mais e gastar muito menos tempo e dinheiro se deslocando até os lugares. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Santiago do Chile, que lá tem as dicas das melhores regiões para se hospedar e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente (e achar hotéis excelentes em promoção nessas regiões que são super disputadas). Vale a pena caprichar na reserva do hotel em Santiago do Chile.

Santiago do Chile

Uma dica legal para quem vai para o Chile, é que como alguns pontos turísticos como Cajón del Maipo, as vinícolas, cidades, parques naturais, desertos, outlets e todas as atrações ficam bem afastadas, alugar um carro se torna essencial. Sem falar que com um carro você pode conhecer outras cidades do Chile que são próximas como Viña del Mar e Valparaíso, explorar suas estradas que são lindas e as paisagens e lugares naturais pelo caminho que são incríveis. Se quiser, saiba tudo sobre o assunto aqui na matéria de Aluguel de carro no Chile com dicas incríveis e como conseguir um preço incrível utilizando comparadores de preços excelentes e economizando muito.


Dica dos ingressos para passeios e excursões

Outra dica importante é sobre os ingressos para os passeios e atrações. Comprar antes pela Internet é sempre a melhor opção, pois além dos preços serem sempre menores, você evita as longas filas nas bilheterias, não precisa perder tempo da sua viagem se preocupando com isso e não corre o risco deles terem se esgotado. Nós acabamos comprando todos os passeios e ingressos nesse site aqui de Ingressos para o Chile, e achamos ótimo. Como eles são o maior site de ingressos e excursões do mundo, já tem todas as opções lá e você já compra tudo em um único lugar, e que sabemos que é de confiança. É legal que já vai abrir na página com todos os passeios e ingressos de Santiago do Chile, na ordem dos mais vendidos, que são os mais procurados. Você pode mudar para qualquer outra cidade também. Nós compramos a excursão para Viña del Mar e Valparaíso, para Cajón Del Maipo (que é um lugar incrível), para a Vinícola Concha Y Toro (que é um passeio imperdível e super completo) e o City Tour por Santiago. Todos os passeios são ótimos, as vans e ônibus saem de Santiago e achamos o serviço de todos excelente. 

Cajón Del Maipo no Chile

Não se esqueça do Seguro Viagem para o Chile

Uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando viajar para fora do Brasil é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional. Ele é importantíssimo e ninguém deve viajar sem um para evitar problemas no exterior. O que muitas pessoas não sabem é que ele é super barato. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para o Chile com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Veja outras matérias legais de Santiago do Chile:

O que fazer em Santiago do Chile: Dicas do que fazer e conhecer na cidade. 
Pontos turísticos em Santiago do Chile: Principais lugares turísticos para visitar.
Compras em Santiago do Chile: Dicas dos melhores lugares para fazer compras.
Como achar hotéis muito baratos no Chile: Incrível pesquisador e dicas excelentes.

Postar um comentário

 
Top